Energia Solar no Agronegócio

A energia elétrica é fundamental para o agronegócio e em múltiplos tipos de produção. Sendo assim, não é surpresa que a conta de luz tenha um grande peso no orçamento mensal de um negócio no âmbito rural. É por esse motivo que a energia solar tem se tornado uma ótima alternativa para que os produtores rurais consigam reduzir os gastos gerando a sua própria energia elétrica, oriunda de uma fonte inesgotável, sustentável, limpa e muito mais econômica.

Utilizando sistemas fotovoltaicos, é possível reduzir a conta de luz em até 95%. A energia autogerada pode ser aplicada nos mais diversos processos, como irrigação do plantio, bombeamento de água, maximização da produção de leite, secagem e armazenamento de produtos e nas residências rurais.

E dependendo do tipo de instalação — on-grid, off-grid ou híbrida — você conta com os créditos de energia solar, contabilizados pela distribuidora toda vez que o seu sistema produz mais do que consome, injetando a energia extra na distribuição local. Quando a produção for mais baixa, os créditos são debitados na fatura para abater o valor referente à energia utilizada da rede convencional. E você também pode utilizá-los em contas de outras propriedades que estejam em seu nome e conectadas à mesma distribuidora.

Além destes inúmeros benefícios para a sua propriedade, você colabora para o crescimento do mercado fotovoltaico. Que, de acordo com a projeção feita pela Absolar, terá um aumento de até 90% na potência de geração instalada, ainda em 2022. Este importante desenvolvimento da matriz energética nacional contribuiu, por exemplo, para que o governo eliminasse os impostos sobre a importação de equipamentos utilizados nos sistemas fotovoltaicos, e também gerou mais linhas de crédito para esse tipo de investimento, com taxas justas e parcelas acessíveis — assim como as soluções oferecidas pelo Sicredi. 

Tipos de Instalação

Os tipos de instalação são versáteis e se encaixam perfeitamente tanto em operações rurais com acesso à rede de distribuição de energia elétrica local quanto em propriedades mais remotas. Entenda como cada um deles funciona.

Instalação do Sistema

 
Adquirir um sistema fotovoltaico para a sua propriedade rural tem se tornado um investimento cada vez mais acessível, mas, mesmo com essa facilidade, ter o suporte de uma empresa especializada, que acompanhe todas as etapas necessárias para o desenvolvimento de um projeto eficiente, é extremamente necessário.

Conheça os principais passos para a instalação

Vantagens para o produtor

 

Entre as vantagens de aliar a energia solar ao agronegócio, temos a maior autonomia para o produtor rural, que não depende mais de fontes de energia convencionais. Isso é extremamente valioso para propriedades mais remotas e que não são completamente atendidas pela distribuição de energia elétrica da rede local.

 

Ela fortalece também a agricultura de precisão, já que a redução de custos com eletricidade libera o orçamento para investir em sistemas de automação para o monitoramento de dados, por exemplo.
Além disso, um ponto extremamente positivo é a redução dos custos com irrigação, um dos gastos mais elevados do agronegócio devido ao bombeamento de água: a energia solar em conjunto com poços artesianos se torna uma alternativa extremamente rentável, principalmente em regiões mais secas.