Investimentos

WhatsApp

Análises Econômicas e Financeiras: conte com o Sicredi

Acompanhe aqui as principais análises dos nossos especialistas sobre o mercado financeiro.

Destaques do dia

Brasil
 

1. Segundo o IBGE, o PIB permaneceu estável no quarto trimestre de 2023, crescendo 2,9% no ano e encerrando em R$ 10,9 trilhões.
O resultado do trimestre veio em linha com as expectativas, enquanto o crescimento anual veio levemente abaixo da previsão de 3,0%. O 4º trimestre de 2023, comparado ao mesmo trimestre de 2022, teve alta de 2,10%.



2. Segundo a FGV, o índice de confiança empresarial (ICE) caiu 0,7 ponto em fevereiro ante janeiro, a primeira queda em nove meses, para 94,0 pontos.
Entre junho de 2023 e janeiro desse ano, o índice tinha acumulado um avanço de 4,5 pontos.









Mundo


1. Na Zona do Euro, o PMI industrial caiu marginalmente de 46,6 para 46,5 entre janeiro e fevereiro, acima da previsão de 46,1.
A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) desacelerou para 2,6% em fevereiro e a taxa de desemprego voltou a 6,4% em janeiro.



2. No Reino Unido, o índice de gerentes de compras (PMI) industrial subiu de 47 em janeiro para 47,5 em fevereiro.
O índice atingiu o maior nível em dez meses e veio acima do esperado, de 47,1 pontos. A marca abaixo de 50 indica contração da atividade.



3. Na Alemanha, o PMI industrial caiu de 45,5 em janeiro para 42,5 em fevereiro, segundo a S&P Global.
O índice atingiu o menor nível em quatro meses e o resultado de fevereiro ficou acima da previsão do mercado, de 42,3 pontos. A leitura indica contração.



4. Na China, o PMI da indústria chinesa subiu de 50,8 em janeiro para 50,9 em fevereiro, segundo a Caixin.
A leitura permaneceu acima da marca de 50, que indica atividade em expansão. O resultado veio acima das expectativas, que projetavam queda a 50,6.







5. Nesta manhã, as bolsas asiáticas encerraram majoritariamente em alta, avançando na expectativa de mais medidas de estímulos e após dados de atividade manufatureira.
As bolsas europeias e os futuros de NY operam em alta. Petróleo sobe.

Resenha Financeira

Última atualização: 01/03/2024, referente a 29/02/2024.

 

Mundo

Nos EUA, as bolsas encerraram em alta, com clima positivo após os dados de inflação do PCE vieram em linha com as expectativas, de avanço de 0,3% em janeiro ante dezembro. Além disso, dados de atividade apresentaram resultados mistos. A renda e os gastos com consumo subiram mais do que o esperado, enquanto o índice de gerentes de compras (PMI) e as vendas pendentes de imóveis demonstraram fraqueza. Assim, o Dow Jones teve alta de 0,12%, o S&P 500 avançou 0,52% e o Nasdaq teve ganho de 0,90%. Na Europa, as bolsas encerraram mistas, após dados de inflação nos EUA reforçarem as apostas de que um alívio monetário no país deve começar em junho. A Bolsa de Frankfurt teve alta de 0,44%, mais acentuada que as demais, diante do patamar mais baixo que o esperado para a inflação ao consumidor. Enquanto isso a bolsa de Londres teve alta de 0,07% e o CAC-40 teve queda de 0,34% em Paris. Na Ásia, as bolsas fecharam sem vetor único, com algumas em cautela antes de novos dados dos EUA e as chinesas avançando após mais estímulos de Pequim. O Xangai avançou 1,94%, o Kospi recuou 0,37% em Seul e o Nikkei teve queda de 0,11%.


Brasil

Por aqui, a bolsa fechou em queda, ainda penalizada pelas perdas da Petrobras, refletindo as falas do presidente a respeito de dividendos da empresa. Na contramão das altas de Nova York, o índice finalizou o dia em baixa de 0,87%, também reforçada pela realização de lucros no setor bancário. Já a Vale mostrou leve recuperação na sessão, mas continua bem depreciada em relação a dezembro. China, em meio a dúvidas sobre o nível de atividade econômica, e a incerteza sobre a sucessão no comando da empresa pesaram, desde então, sobre a ação da mineradora. O índice de preços de gastos com consumo (PCE) dos EUA em janeiro dentro do esperado garantiu alívio às taxas futuras, que espelharam o recuo dos yields dos treasuries americanos. No câmbio, o dólar encerrou em alta marginal de 0,07%, cotado a R$ 4,97/US$.
 

Relatórios Econômicos e de Investimentos

Outros relatórios

Fevereiro/2024

Confira as principais informações que impactaram o mercado financeiro no último mês, com as análises detalhadas da nossa equipe especializada em investimentos e análise macroeconômica, além das sugestões de alocações de carteiras, com foco em RPPS.