Governança Corporativa

A nossa parceria faz crescer o potencial das nossas cooperativas

Presidente

Cabe ao presidente do Conselho de Administração supervisionar as atividades da cooperativa, coordenando a ação da Diretoria Executiva, bem como liderar a implantação dos programas de organização do quadro social, desenvolvimento e gestão do Sicredi, a fim de garantir a continuidade do negócio e a formação de novas lideranças cooperativistas.

Diretoria Executiva

Cabe a Diretoria Executiva a administração da cooperativa. Este órgão coordena a execução e controla os negócios, operações, serviços e atividades de apoio e administrativas. Tem ainda o papel de fornecer informações sobre o estado econômico-financeiro da cooperativa; elaborar os planos de trabalho e de expansão e respectivos orçamentos.

Conselho Administrativo

O Conselho de Administração é o órgão superior de administração da cooperativa, formado por associados eleitos pelos demais associados. É responsável pela execução das propostas aprovadas na Assembleia Geral. É composto pelo presidente, vice-presidente e conselheiros titulares e suplentes. Os membros são eleitos para mandatos de quatro anos. A cada mandato, é obrigatória a renovação de pelo menos 1/3 dos membros. Conselheiros Titulares: Carlos Alberto Pavan, Adelino Reovaldo Loch, Eduardo Francisco Groth, Cristiano Antônio Presotto, Adelar Jose Parmeggiani, Hélio Basei, Idanir Scalabrin, Irwing Carlos Schneider, Jair Sachetti Santin, Lindanir Francisca Canelo r Luís Carlos Caramori.

Conselho Fiscal

O Conselho Fiscal é um órgão independente dentro da cooperativa. Fiscaliza de forma assídua e minuciosa a administração do patrimônio e das operações da cooperativa em nome dos associados. É composto por três membros titulares e três suplentes, todos associados, eleitos com mandato de três anos pela Assembleia Geral. Titulares: Diana Maria Trentin, Diego Bertuzzi e Edemar Ebeling. Suplentes: Ildo Reisner, Márcio Reck e Vanusa Salete Ritter Antoniazzi.

Delegados de Núcleo

Cada agência agrupou seu quadro social em núcleos de associados, sendo que cada núcleo elege seu Delegado para levar as decisões do seu grupo até a Assembleia Geral. O Delegado é a ponte entre o associado e a cooperativa, ouvindo e levando sugestões e demandas dos associados para as agências.