31 de Agosto de 2021

Celular roubado? Veja o que fazer para manter seus dados pessoais seguros

Saiba como proteger os dados das contas e aplicativos instalados no seu aparelho

Notícias | Segurança

Desde que o smartphone tornou-se acessível e indispensável na rotina das pessoas, inserir dados pessoais na hora de instalar ou acessar um aplicativo já é uma etapa quase imperceptível para os usuários. Você já parou para pensar que é aí que mora o perigo?

É preciso se proteger da possibilidade de informações importantes caírem nas mãos de bandidos, pois com o acesso aos dados de login e senha dos aplicativos os ladrões conseguem facilmente visualizar o saldo disponível nas contas e, por fim, realizar transações financeiras utilizando os aplicativos instalados no aparelho.

Pensando nisso, para não ser pego de surpresa em caso de perda ou roubo do seu celular, nós trouxemos 5 dicas básicas para te ajudar a proteger os dados de acesso das contas e aplicativos móveis.

Veja abaixo e compartilhe para ajudar mais pessoas a se manterem livres de golpes e fraudes.

 

Dica 1 – Cadastre a senha de bloqueio de tela e biometria no seu aparelho

 

Por mais que pareça óbvia, essa é uma tarefa importante de ser lembrada. Por causa da agitação diária das atividades do trabalho, afazeres da casa, dos estudos e da família, alguns usuários ainda deixam para depois.

Por isso, vale reforçar que é extremamente necessário cadastrar a senha numérica da tela de bloqueio e a biometria do seu celular antes mesmo de instalar aplicativos de mensagens e outras contas. Esse cuidado deve garantir camadas de segurança ao seu aparelho.

E nada de senhas fáceis, como datas de aniversário. Pense em uma combinação difícil de ser descoberta por terceiros. Ao programar seu celular para que a tela bloqueie no menor tempo possível você diminui também o tempo de acesso ao seu conteúdo, dificultando assim a mudança de senha nesse intervalo.

 

Dica 2 – Nunca deixe suas senhas anotadas por aí

 

Sabemos que nem sempre é fácil lembrar de todas as senhas das contas que usamos no dia a dia. Por isso, muitas vezes deixamos no bloco de notas do celular e até mesmo nas conversas de WhatsApp e Telegram, assim como costumamos fazer com anotações rápidas, como listas de supermercado, nomes e telefones.

Fica a dica: apague dados de login e senha do bloco de notas e dos históricos das conversas dos aplicativos de mensagens.

Afinal, ao ter seu celular furtado, o ladrão poderá ter acesso não apenas a sua senha bancária, mas também a redes sociais e contas de e-mail. E lembre-se: é muito importante não repetir a senha em vários aplicativos, principalmente a da sua conta corrente.

 

Dica 3 – Ative todos os módulos de busca do seu celular

 

Você sabia que todos os smatphones têm sistemas de segurança? Uma dica importante para proteger o seu aparelho é acessar as configurações e habilitar esta opção.

Tanto os aparelhos Android como iOS possuem páginas criadas para limpar todo o conteúdo de forma remota.

O sistema de segurança possibilita o envio de um comando a partir de qualquer outro aparelho em que você possa se conectar. Assim, será possível bloquear e até apagar dados do seu aparelho remotamente, mantendo suas informações seguras.

 

Dica 4 – Nunca salve suas senhas em navegadores e sites de terceiros

 

Não utilize o recurso “salvar senha” ao se cadastrar em portais, sites de compras e fazer login nas redes sociais. Nas configurações do seu aparelho é possível ainda desativar essas funções exibidas durante a navegação.

 

Dica 5 – Fui roubado! E agora?

 

Ainda não cancele sua linha!

Primeiro, ligue para a sua instituição financeira, bloqueie sua senha eletrônica e cartões. Nosso SAC 24 horas é o 0800 724 7220. Depois, vá até a delegacia mais próxima com o número do IMEI e registre um boletim de ocorrência.

Você também pode fazer isso pela internet, se a polícia da sua região permitir o registro de ocorrência online em caso de furtos.

Acesse o site de segurança do seu aparelho e apague os arquivos dele. Espere que seu aparelho perdido seja conectado à internet e receba o comando de autodestruição. Só então você poderá bloquear e cancelar a linha falando com a sua operadora.

Por fim, acesse periodicamente o site Registrato, do Banco Central para ver se seus dados pessoais foram usados para empréstimos, aberturas de contas e outras operações financeiras não reconhecidas.

Baixe agora mesmo a cartilha que preparamos e confira outras as dicas de segurança para o seu dia a dia.

E aí, curtiu essas dicas? Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn para receber mais conteúdo.

Ver todos os posts
Baixe o Aplicativo e tenha segurança e facilidade

WhatsApp

051 3358 4770
* Sujeito a disponibilidade na sua localidade

Serviços por telefone

Capitais e regiões metropolitanas

3003 4770
* Custo de uma ligação local

Serviços por telefone

Demais e regiões

0800 724 4770

SAC

Informações, reclamações e cancelamentos

0800 724 7220

Atendimento aos Deficientes

Auditivos ou de fala

0800 724 0525

Ouvidoria e Denúncias

0800 646 2519

Chamadas Internacionais

(a cobrar)

+55 51 3378 4472

Confederação das Cooperativas do Sicredi

CNPJ: 03.795.072/0001-60

Av. Assis Brasil, nº 3940, Jardim Lindoia – Porto Alegre/RS – CEP: 91010-003

Abra sua conta