Menu
Voltar

Educação Financeira: para todos e para toda a vida

Um dos principais indícios da necessidade de ensinar a população sobre educação financeira é o aumento da inadimplência entre as pessoas, que mostram a importância de aprender a lidar com dinheiro desde cedo para evitar os endividamentos que comprometem a qualidade de vida e as relações pessoais e familiares.

O consumo é uma das causas que contribui para esse quadro, pois é comum que as pessoas comprem aquilo que não precisam apenas porque está em promoção, ou comprem algo além das suas condições financeiras, acumulando parcelamentos que não conseguem pagar depois. Aprender a consumir conscientemente é um dos principais desafios da educação financeira, assim como não se deixar levar pelas facilidades de ofertas de consumo ou trocar um projeto futuro pelo prazer instantâneo de comprar algo não tão necessário.

Esse cenário mostra que a educação financeira deve ser incentivada da infância à terceira idade. É um aprendizado fundamental para auxiliar as pessoas a gerenciar sua renda, poupar, investir e garantir uma vida financeira mais tranquila, livre de dívidas. Através de uma educação financeira de qualidade, que envolva orientações sobre planejamento e utilização de recursos financeiros, as pessoas poderão desenvolver a capacidade de lidar com as mais diferentes situações financeiras e levar esse aprendizado para a vida toda.