Menu
Voltar

Economia Comportamental: como aprender a lidar com nossas emoções nas finanças

Todas as situações que enfrentamos na vida e em nosso dia a dia envolvem escolhas. E para tomar essas decisões, desde as menores até as maiores, estamos lidando com a nossa razão e emoção.

Isso afeta também a nossa relação com o dinheiro e, especialmente, com o consumo. Algumas pessoas, quando estão mais tristes, tentam melhorar o humor comprando coisas que muitas vezes nem precisam. Ou quando vão ao supermercado com fome e acabam comprando mais do que tinham planejado. Outras ainda, quando veem uma promoção, acham que precisam aproveitar, mesmo que os produtos não sejam necessários no momento.

É devido a comportamentos desfavoráveis como esse, em que a emoção toma conta, que precisamos manter o foco para sermos racionais, ou seja, administrar melhor nossos impulsos e nossas emoções e usar isso a nosso favor.

Algumas dicas para tentar controlar a emoção e evitar o consumo exagerado:

- Se você estiver com dificuldades financeiras, saia apenas com o dinheiro necessário para a ocasião;

- Não gaste mais do que tem;

- Registre todos os seus gastos em planilhas ou aplicativos, assim é possível ver o quanto gastou com coisas supérfluas; Clique aqui e veja a planilha que preparamos para você.

- Estabeleça uma meta financeira que ajude a guardar dinheiro para realizá-la.

Com esses pequenos passos, é possível aprender a usar mais a razão e gerenciar de forma inteligente os seus recursos financeiros. Clicando aqui, você encontra mais informações sobre como lidar com o crédito e as dívidas.