22 de Dezembro de 2021

4 Dicas para celebrar as Festas de Final de Ano sem gastar muito

É tempo de celebrar ao lado das pessoas que são especiais na sua vida e valorizar as pequenas conquistas, mas sem comprometer o seu orçamento

Notícias | Educação financeira

Estamos na contagem regressiva para as Festas de Final de Ano e é tempo de estar ao lado das pessoas que são importantes em nossas vidas. Entretanto, nos últimos meses, enfrentamos diversos desafios provocados pela pandemia e, infelizmente, muitos de nós tivemos que lidar com a perda irreparável de amigos e familiares.  

Por isso, estas celebrações estão carregadas de saudade, mas também representam a esperança de que tudo melhore, e não podem passar em branco. Ainda assim, para isso, não é preciso gastar muito e comprometer o seu orçamento.

Ceia, troca de presentes, reencontros... Nesta época do ano, é comum gastar um pouco mais do que nos meses anteriores, ainda mais considerando que a maioria das pessoas passou mais tempo em casa.

O famoso “Grupo da Família” (ou dos melhores amigos) no aplicativo de mensagem nunca esteve tão movimentado, com todo mundo na expectativa pelo aguardado reencontro para mantar a saudade.

No entanto, com a inflação em alta, os preços de tudo aquilo que é consumido nesta época do ano estão mais caros, o que pode comprometer o seu orçamento.

Levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (IBRE/FGV) apontou que alguns dos principais itens que fazem parte da ceia e da lista de presentes do brasileiro estão 5,39% mais caros.

Então, para que você consiga manter as despesas sob controle, elaboramos algumas dicas que vão te ajudar a economizar e, ao mesmo tempo, aproveitar esta época tão especial.

1. Aposte na ceia colaborativa e compartilhe sabores

Sempre presente nas reuniões familiares, o famoso “cada um leva um pratinho” é uma ótima opção para integrar ainda mais a família na organização da ceia, além de não pesar no bolso.

Para ficar tudo bem organizado e não faltar a famosa farofa ou aquela sobremesa especial, é importante que cada pessoa compartilhe lá no grupo da família o que pode levar.

Esta também é uma oportunidade única de provar temperos e sabores diferentes, conhecendo melhor os dotes que os seus primos, tios, tias, sobrinhos e amigos podem ter aprendido durante o último ano.

2. Invista em presentes simples, mas carregados de significado

Depois de ficar tanto tempo sem encontrar pessoalmente boa parte dos familiares e amigos, é comum querer presenteá-los. Mas, ao invés de comprar essas lembranças, que tal deixar a criatividade fluir e apostar no faça você mesmo?

Pode ser um cartão com uma mensagem escrita a próprio punho, falando sobre a importância desse reencontro. Uma pintura ou outro item de artesanato ou, até mesmo, um doce ou bolo. O importante mesmo é que tenha sido feito por você.

Sabe aquela planta da sua casa que todo mundo sempre elogia? Faça pequenos vasos com mudinhas e entregue às pessoas mais especiais.

Mas, caso não seja possível fazer o presente, outra boa alternativa é procurar o comércio da sua região e investir em mimos, como flores, sabonetes artesanais, chocolates e itens de decoração.

Todas são opções incríveis que, com certeza, irão tocar o coração de quem receber, tornando esse momento inesquecível.

3. Garanta ainda mais diversão em família com o Amigo Secreto

O amigo secreto é uma clássica brincadeira de final de ano que, além de garantir muitas risadas no momento da entrega dos presentes, integra ainda mais a família e ajuda a economizar, já que você não terá que comprar presente para todo mundo.

Para facilitar a dinâmica, o sorteio pode ser totalmente on-line. Hoje, existem diversos sites com esse serviço, como o Amigo Secreto, Gifwe e SorteioGo, todos gratuitos e bem fáceis de usar.

Ao organizar tudo, o ideal é estabelecer um valor mínimo e máximo que poderá ser gasto e usar o “Grupo da Família” para que cada pessoa dê dicas do que gostaria de ganhar.

#FicaDica: caso sua família opte pela troca de presentes sem fazer o Amigo Secreto, o grupo de mensagens também pode ser um bom canal de comunicação para que todos compartilhem dicas para o Papai Noel não errar no presente.

4. Compartilhar é sempre melhor

As Festas de Final de Ano são realmente para celebrarmos a vida, a saúde e tudo aquilo que temos e conquistamos ao longo dos últimos meses. E estar ao lado das nossas pessoas queridas deixa o momento ainda mais especial.

Você já ouviu a frase “alegria compartilhada é alegria redobrada”? Pensando nisso, que tal reunir familiares e amigos para contribuir com a celebração daqueles que estão passando por um momento difícil em suas vidas?

Lá mesmo no grupo do aplicativo de mensagens é possível organizar todo mundo para reunir doações de alimentos, roupas e brinquedo, e levar alegria, afeto e esperança para quem precisa.

Mesmo que o orçamento esteja apertado, essa ajuda pode acontecer com o trabalho voluntário. Com certeza, na sua cidade existem projetos sociais que precisam de voluntários para doar tempo para contribuir com ações direcionadas às pessoas carentes.

______

Gostou deste conteúdo? Continue acompanhando o nosso blog para ter mais dicas para sua vida financeira.

Ver todos os posts