28 de Dezembro de 2020

Nova modalidade de crédito incentiva a mobilidade sustentável

Notícias | Produtos e Serviços

Venâncio Aires – Como a primeira associada a aderir ao Crédito Mobilidade Sustentável da Sicredi Vale do Rio Pardo, a gerente de produção Josélia de Campos, 30 anos, associada à Agência Centro de Venâncio Aires, adquiriu uma nova bicicleta no valor de R$ 6,5 mil. O meio de transporte será utilizado pelo marido da cooperada, Vanderlei Goelzer, que faz parte do grupo de ciclistas do Pedal Trilheiro da Capital do Chimarrão há cinco anos. “Para quem quer uma bike melhor e não consegue comprar à vista, o crédito facilita e a parcela é boa. É muito importante o Sicredi proporcionar isso”, destaca o casal.

Adepto à modalidade esportiva há muitos anos, Goelzer disse que quem pratica este esporte começa a querer ir cada vez mais longe e a ter uma bicicleta melhor. O oferecimento do crédito veio por intermédio de um amigo que trabalha na Cooperativa, que falou sobre a nova solução sustentável. “Quem começa a fazer este esporte, anda no meio da natureza, 200, 300 quilômetros”, destacou ele que, além de apaixonado pelo ciclismo, é mecânico de manutenção de bicicletas.

Ao acreditar em ações que transformam o mundo, a Sicredi Vale do Rio Pardo busca cada vez mais cumprir a agenda planetária. Com a priorização de cinco dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), a Cooperativa desenvolve entre eles a Ação Contra a Mudança Global do Clima. Neste sentido está a nova linha de crédito voltada à mobilidade sustentável, que diz respeito à aquisição de patinetes, bicicletas, entre outros transportes elétricos alternativos.

Conforme o gerente de Ciclo de Crédito da Cooperativa, Marcson Metz, a ideia da nova modalidade surgiu para incentivar a mobilidade sustentável e oferecer mais uma linha de crédito ao associado à Sicredi Vale do Rio Pardo para que ele possa investir em qualidade de vida e ainda colaborar com a preservação do meio ambiente. “Este tipo de locomoção é uma forma de reduzir os impactos no ecossistema, ajudar o meio ambiente e fortalecer a cidadania. São temas ligados aos preceitos do cooperativismo e cada vez mais queremos fomentar e incentivar as práticas sustentáveis”, frisou. O Mobilidade Sustentável tem uma taxa única (CDI+0,89%a.m.) e prazo de pagamento de 60 meses, sem limite mínimo e máximo de valor do crédito (sujeito à aprovação).

Ver todos os posts
 
Notícias relacionadas