21 de Julho de 2022

Sicredi UniEstados empossa novo Conselho Fiscal

A posse ocorreu no dia 20 de julho, na Sede Administrativa da Sicredi UniEstados

Notícias | Governança

          O novo Conselho Fiscal da Sicredi UniEstados, eleito nas assembleias de núcleo e na Assembleia Geral Ordinária de 28 de abril de 2022, tomou posse nesta quarta-feira, 20 de julho, em uma cerimônia realizada na Sede da cooperativa. O Conselho Fiscal com gestão 2022 até a Assembleia Geral de 2025 é formado por seis associados da instituição – três titulares e três suplentes, que tiveram seus nomes homologados pelo Banco Central do Brasil. Dentre as atribuições dos membros do Conselho Fiscal está a de averiguar o cumprimento, pela administração da Cooperativa, das disposições do Estatuto Social e demais normativos oficiais.

          O Presidente da Sicredi UniEstados, Adelar José Parmeggiani, aproveitou o evento de posse para saudar os antigos conselheiros e dar as boas-vindas à nova composição do Conselho: “agradecemos os serviços prestados por todos que passam ou passaram pelo nosso conselho e desejamos sucesso aos novos conselheiros. Que vocês possam contribuir para o crescimento da cooperativa”, acrescentou.

          Parmeggiani agradeceu o trabalho desenvolvido pelos conselheiros, afirmando que eles, com certeza, ajudaram a cooperativa a chegar aonde está hoje, com mais de 136 mil associados. Segundo ele, é importante que a instituição busque atingir os resultados financeiros, mas não esqueça de seu propósito social. “Para ser sustentável, a cooperativa precisa dar resultado, precisa crescer. Mas temos um grande desafio que é o cuidado com as pessoas, tanto os mais de 700 colaboradores quanto os mais de 136 mil associados”, ressaltou. O presidente destacou o sucesso da Sicredi UniEstados ao longo dos últimos anos, enfatizando o papel dos conselheiros como de fundamental importância para a expansão da entidade.

GRATIDÃO

          O vice-presidente da Sicredi UniEstados, Luís Carlos Caramori, falou do sentimento de gratidão pelo trabalho desenvolvido pelo Conselho Fiscal. Destacou que é um órgão independente, tem autonomia, mas também responsabilidades, especialmente porque receberam o voto de confiança dos associados. Agradeceu aos que estiveram no Conselho e deu as boas-vindas aos novos conselheiros.

          O diretor de Operações, Jaime Testolin, enalteceu o compromisso que todos – diretores e conselheiros de Administração e Fiscal - têm com a cooperativa, em conduzi-la ao futuro, a ter cuidado com as contas, com a imagem, com a gestão financeira e em fazer as coisas de forma muito correta, com transparência e solidez. Segundo ele, o Conselho Fiscal é mais uma das peças que compõe o processo de fiscalização da cooperativa, junto com as diversas auditorias externas e internas, além do controle do Banco Central. Falou que é preciso conhecimento para entender a complexidade do processo e poder exercer o seu papel.

TRANSPARÊNCIA

          O diretor executivo da Sicredi UniEstados, Elisandro Marmentini, também agradeceu o trabalho dos conselheiros e reforçou a importância e a responsabilidade de cada um, enaltecendo o papel do Conselho: “o Conselho Fiscal nos ajuda a mantermos sempre as melhores práticas de administração, como a transparência na gestão”, falou. Finalizou desejando uma jornada de êxito para os novos conselheiros

          Em seguida, os conselheiros que estavam se despedindo se manifestaram afirmando que durante o período que estiveram como conselheiros trocaram conhecimentos e experiências profissionais e pessoais. Falaram sobre o envolvimento de cada um com a cooperativa de crédito, a admiração pelo sistema cooperativo e agradeceram a oportunidade. Os conselheiros anteriores e que fazem parte do novo grupo também se pronunciaram com suas experiências e expectativas.

          “Queremos continuar o trabalho que vem sendo feito, principalmente em termos de qualificação, responsabilidade e valorização das pessoas que fazem crescer a cooperativa”, relataram. Já os novos integrantes agradeceram o convite e se comprometeram a se empenhar no desenvolvimento das suas funções. “Vamos oferecer o que temos de melhor”, disseram.

          O Conselho Fiscal anterior era formado pelos conselheiros efetivos: Diego Bertuzzi, Diana Maria Trentin Prichua e Edemar Ebeling; e suplentes: Ildo Reisner, Vanusa Salete Ritter Antoniazzi e Márcio Reck.

CONSELHO FISCAL | GESTÃO 2022 ATÉ ASSEMBLEIA GERAL DE 2025

          Efetivos: Cassia Aparecida Alves da Rosa, Danielle Mara Caprioli e Diana Maria Trentin Prichua; Suplentes: Claiton Luis Pitt, Diego Bertuzzi e Rafael Weirich.

Ver todos os posts
 
Notícias relacionadas